SERÁ? Provavelmente é isso que você está pensando neste momento. Como se livrar deste sintoma que vem te acompanhando por tanto tempo, não é mesmo? A resposta é SIM, é possível livrar-se da esmagadora maioria dos casos de dor de cabeça que não são doenças, mas sim comportamentos aprendidos ao longo da vida.

Quando ministrei um congresso para cerca de 300 médicos das Santa Casas de Misericórdia de São Paulo, tive a oportunidade de perguntar se dor de cabeça era uma doença ou comportamento aprendido em algum momento do passado. Foram 300 cabeças confirmando com um SIM.

Mas como isso acontece? Bem, uma criança ao nascer não conhece nada, a não ser mamar e chorar quando tem fome, dor ou outro mal-estar. O tempo vai passando e ela vai aprendendo a falar, andar, interagir com o meio e também a ter emoções.

Experimenta a raiva quando deseja algo e não consegue ou quando é contrariada. Vai desenvolvendo o sentimento de alegria, medo, etc. A criança aprende por meio de tudo o que vê, ouve e imita na sua interação com as pessoas e o meio onde vive e sofre a interferência deste meio constantemente. Esse aprendizado original forma suas referências sobre as quais irá decidir em situações futuras.

Dessa forma, se ouvir que tomar sol ou ficar com fome ou ainda chorar dá dor de cabeça, a mente registra esta informação. Perceba que a criança até então não tinha nenhum senso crítico ou informação para questionar essas influências, mas no futuro, essas informações serão suas referências para quando tomar sol ou ficar com fome, ou ainda chorar, manifestar o comportamento de sentir dor de cabeça.

O que fazer para se livrar da dor de cabeça?

Primeiro, mude o foco da sua atenção quando a dor de cabeça vier, pois seus pensamentos têm um poder enorme sobre seus sentimentos. É muito importante não dar atenção e valorizar esta dor. É normal as pessoas que têm dor de cabeça falar para todo mundo o que estão sentindo. Ao fazer isso, reforçamos o caminho neuronal responsável pela dor, e esta tende a aumentar. Quando se toma um remédio para dor de cabeça, a informação que damos ao cérebro é… “-agora é hora da dor passar”. Esta informação tem mais efeito do que a própria substância química do remédio. Tem pessoas que dizem que somente determinada MARCA de remédio funciona para sua dor de cabeça, apesar das outras MARCAS terem formulação idêntica.

Segundo, faça algo diferente, ouça uma música tranquila, pense nas suas próximas férias, pense em momentos de boas emoções com pessoas que você ama, enfim, mude seu estado emocional por meio dos seus pensamentos, produza em você boas emoções.

Terceiro, quando a dor passar, seja grato pela sua saúde, agradeça a você mesmo por ter se livrado da dor e comemore. Para te ajudar a tirar o foco de atenção da sua dor de cabeça, preparei para você uma técnica num áudio que você pode ouvir logo abaixo. Ouça sentado, num lugar tranquilo, para que seja efetivo!

Clique aqui para baixar o áudio!