desapego

Desapegar para conquistar

Quando citamos a palavra DESAPEGO, no primeiro momento pode até parece algo frio e sem amor, mas, dentre tantos significados diferentes que essa palavra pode ter, os convido para refletir sobre o significado de que é simplesmente o fato de nos livrar das coisas que realmente não agregam nenhum valor na nossa vida.
Algo que nos faz mal, nos sufoca ou nos impede de evoluir como pessoas.
Porém, para exercer qualquer tipo de desapego, antes é preciso querer que efetivamente tal fato aconteça.

82173221Várias pessoas se apegam as coisas materiais como roupas, sapatos, móveis, objetos de decoração, enfim, tudo vai se acumulando dentro das residências, dos carros, dos escritórios, as vezes se apegam a sentimentos ruins que vão se acumulando em algum lugar do nosso corpo, sem que se perceba o quanto, apesar de parecer uma conquista, nada mais é do que o MEDO de perder. Medo de perder? Sim, quanto mais se tem a impressão do controle de tudo, mais segurança aparenta TER ou SER.

Muitas pessoas se apegam ao seu trabalho de forma que passa a 10, 15, 20 anos ou mais exercendo a mesma função, na mesma empresa que mal consegue imaginar sua vida sem aquela rotina. Em alguns casos, se aposentam e continuam trabalhando, no mesmo lugar, com a mesma rotina. Parece que tal rotina passa a ser o oxigênio do seu dia-a-dia, de tal forma que não percebe que o mundo tem muito a oferecer, muitas oportunidades de crescimento e evolução pessoal e profissional. Mais uma vez a necessidade de certeza e segurança, causa o medo de mudar, DESAPEGAR.

Muitos relacionamentos sem amor, e até mesmo sem o mínimo de respeito continuam por medo, por exemplo, de como as pessoas o julgarão. Ou, muitas pessoas não mudam de emprego pelo medo de algo dar errado e não conseguir pagar as contas no final do mês.

Como pode ser tão difícil desapegar?

desapego-IV-thumb-800x531-157321

Quando se abre os olhos para dentro de si e os fecha para os julgamentos externos, é possível identificarmos as escolhas e conquistas, feitas de forma pessoal e individual. Somos mais fortes quando somos capazes fazermos um balanço da nossa vida hoje e onde queremos chegar no futuro, porque nossa mente não difere entre o real e o imaginário. As vezes criamos um cenário e vivemos nele por dias, anos e vidas sem perceber que era apenas algo preso a algumas crenças, que em algum momento da nossa infância nos disseram e passamos a acreditar.

Mas como posso saber se estou inserido nesse contexto?

Faça um teste rápido, não imagine que quem escreveu esse artigo é alguém alta, com cabelo vermelho, olhos azuis e nariz grande.

Qual imagem tem da minha pessoa agora?

Assim geralmente esquecemos de cuidar dos nossos pensamentos e nos apegamos.
Quem são a pessoas que queremos do nosso lado até o último minuto de vida, quais coisas materiais vão compor minha vida de forma que eu esteja no controle e não elas sobre mim, quais amizades completam minhas alegrias e são compatíveis com os meus principais valores?

Foi fazendo essas perguntas e respondendo com verdade os desafios diários que aos poucos fui percebendo o que hoje chamo de CONQUISTAS.

Tenho um marido que é literalmente minha cara metade, isso porque eu dizia que nunca casaria por ser um atraso de vida, claro, baseado em padrões de comportamento do que eu sempre vi e ouvi de algumas pessoas que faziam parte do meu mundo.

Tenho uma filha que é meu maior tesouro e meu TUDO, razão da minha existência nesse plano, isso porque eu dizia que JAMAIS seria mãe.

Sem contar que estava presa em um trabalho por 21 anos, sem perceber o quanto eu podia mais, o quanto eu tinha ainda para viver fora de uma redoma que eu mesma havia colocado para me esconder dos desafios, uma vez que lá eu tinha apoio e segurança.

Tinha uma casa muito boa que sempre dizia que nunca mudaria, realmente o fato de ter o apego quando foi colocada à venda demorou muito, pois eu repetia diariamente “MINHA CASA ESTÁ A VENDA“. Não faz sentido, não é? Se a casa é minha, como está a venda?

Depois de exercer o desapego entendi que tinha uma família e uma casa, precisava apenas mudar de um lar. Vendemos a casa em uma segunda-feira e na mesma semana na sexta-feira compramos outra, e o mais interessante é que a casa que compramos é exatamente como descrevíamos em nossas conversas e sonhos.

Desapegar para conquistar. O universo conspira, e a física quântica explica.

noticia-history-fisica-quantica

Sugiro pegar no que nos move para sermos ainda mais felizes e cumprirmos nossa missão de vida hoje, pois amanhã pode não dar tempo.

Desapegue do velho para abrir espaço e conquistar o novo.

 

Assinatura_Ines_Blog_CDF

Anteriores

ENERGIA! Entendendo a origem.

Próximo

HIPNOSE – Pequenas considerações e experiências sobre um grande tema

14 Comentários

  1. Edy

    Ines , todas as palavras, pontos e vírgulas
    Muito bem colocadas !!!

    É exatamente isso que acontece na minha vida nesses últimos meses e com toda certeza, o universo nos levanta um milhão de oportunidades !!

    Grande abraço e desejo muito sucesso pra vc !!!

    • Inês Ferreira

      Edy, isso ai amigo.
      Realmente devemos a todo momento agarrar as oportunidades e seguir em frente.
      Gratidão e sucesso para você também.

  2. Silvana Tonini

    Amei ,o texto todo …oras me inclui outras discordei.! Parabéns sábias palavras ,olhos de águia, coração transparente e maturidade peculiar!!

    • Inês Ferreira

      Gratidão Silvana por ter separado seu precioso tempo para fazer a leitura e deixar aqui seu comentário.

  3. Minha doce e amada amiga. Você é uma pessoa muito competente e sou uma pessoa de muita sorte de te ter na minha vida.
    Sucesso sempre para você !

  4. Rose

    Parabéns, qdo li o texto, lembrei de cada momento de sua grandiosa evolução..
    Feliz por seu sucesso.

  5. Tábata

    Inês, querida! Adorei o artigo, tem muito a ver comigo e com as verdadeiras conquistas como citou no texto. Com certeza, tem relação absoluta com a maturidade também que nos traz com os pés no chão da realidade e com um olhar mais amplo de tudo. Parabéns!!! E também por ter evoluído tanto (não sabia de parte da sua história como contou no texto) Além dessa dose de “desapego” tem uma grande dose de merecimento também e as coisas vão sempre se encaixando da melhor maneira, e é nesse lugar que mora a real felicidade! Que todos sejam completamente loucos de felicidade como nós!!! Beijos com saudades! ??????

    • Inês Ferreira

      Tabata,
      Os amigos tem grande contribuição com toda essa evolução.
      Beijos para você e muitas CONQUISTAS.

  6. Parabéns Inês!

    Belíssimo texto e excelente reflexão!

    Sucesso continuo!
    Grande abraço!
    Jeremias Rodrigues

  7. Débora Olivo Maldonado

    De fato!!! Desapegar não é deixar de amar… é amar e seguir em frente!!

    Quando o apego é forte a evolução é basicamente nula!!

    O apego nos limita e coloca em nossos olhos a ilusão de que a zona de conforto atingida é o sucesso que sempre almejamos!!

    Sair da zona de conforto não é fácil, é uma batalha interna sem fim! O desapego é o caminho para isso!

    E o sucesso só depende de nós mesmos!

    Inês, como sempre parece q você sabe exatamente oq passa em nossas vidas!!

    Obrigada!!! Gratidão!!

  8. Glaucia Lolita dos Santos Oliveira

    Inês, sinto me à vontade para dar continuidade ao artigo, com uma visão médica, digo que além da cadeia de eventos que proporciona, ainda é contagioso….. sim…. contagioso, viral……
    Àqueles que desapegam, rapidamente transmitem esse conceito, quanto mais próximos ficamos do ser desapegado, mais nos contagia e rapidamente ficamos contaminados e a cadeia de eventos inicia…..
    Pois é, seu desapego me pegou…. e o novo chegou, cheio de força….

Deixe uma resposta

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén