Fim das férias, as aulas já começaram, então dê uma olhada nessas dicas para aproveitar bem seus estudos.

Durma ao menos 8 horas todos os dias. É durante o sono que seu cérebro seleciona tudo aquilo que é mais importante que você aprendeu durante o dia e passa para a sua memória permanente.

Faça resumos enquanto estuda. Os resumos vão te ajudar em sua capacidade de síntese e compreensão, além de te ajudar a organizar todo o conteúdo que está estudando.

Anote durante a aula. Procure anotar tudo o que o professor fala, há grandes chances de ele usar conteúdo da explicação para perguntar na prova, suas anotações irão te ajudar a lembrar mais fácil.

Faça pausas. Se você perceber que está tendo que ler o parágrafo 3 vezes para entender o que está escrito, é hora de parar. Dê um descanso a sua mente, não vai adiantar insistir que o seu estudo não irá render.

Encontre seu lugar. Escolha um lugar organizado, tranquilo e sem estímulos que possam distrair sua atenção, como televisão, internet, celular. Ter um lugar próprio para estudar e seguir uma rotina com ele ajuda a sua mente a saber que aquela é a hora de focar. Tentar estudar deitado na cama não é uma boa ideia.

Descubra o seu jeito. Descubra como a sua memória trabalha melhor. Há suas formas de gravar a informação, uma é por repetição: repetir várias vezes faz seu cérebro crer que aquela informação é importante então ele acaba gravando. Outra forma é por associação: faça relações da matéria com coisas da sua vida, monte frases que te ajudarão a lembrar, desse jeito você cria um sistema de conexões, o que faz você lembrar de uma coisa quando esquece de outra.

Descubra seu tipo de memória. Descobrir o seu tipo de memória pode ser um grande aliado. Há pessoas que tem memória visual mais aguçada, estas devem estudar com desenhos, mapas, fotos, esquemas, infográficos, etc. Outras gravam mais fácil através da memória auditiva, para essas o melhor é ler a matéria em voz alta, discutir o tema com os colegas, gravar a aula e ouvir depois, tudo que envolva o sistema auditivo é válido. Já aquelas que possuem memória cinestésica, devem estudar associando as ideias ao movimento, crie movimentos para ilustrar a matéria, aproveite durante a aula os movimentos que o professor usa na explicação, caminhe enquanto estuda. Vá testando diferentes maneiras de estudar, descubra o seu tipo de memória e use esse conhecimento a seu favor.

Preocupe-se com a postura. Utilize uma cadeira confortável, com bordas arredondadas para não prejudicar a circulação nas pernas, é bacana usar também um apoio para os pés. Ajuste a altura da cadeira para que seus braços fiquem apoiados na mesa ou no apoio da cadeira, mantenha a coluna ereta. Dessa forma você irá evitar desconfortos e problemas futuros devido a má postura.

Organize seu tempo. Aprenda a usar e acostume-se com uma agenda onde você coloca o tempo necessário para cada tarefa, vale colocar as atividades escolares e também o tempo do entretenimento. No caso das crianças é importante a orientação dos pais na organização, pois a tendência é sempre a criança reservar mais tempo para a diversão do que para o dever.

O trabalho duro, horas de estudo e dedicação trarão grandes resultados, esses hábitos e técnicas que mostramos aqui vão te ajudar a ter melhor desempenho em seus estudos. Mas vale lembrar que é importante o equilíbrio em tudo, praticar exercícios, sair com os amigos, viajar nas férias também vão contribuir para uma mente bem-disposta e saudável, pronta para todos os desafios.