Uma convicção é um sentimento de certeza em relação a algo.

Se você acredita poder fazer algo, por exemplo dirigir bem, isto lhe traz a convicção, a certeza necessária para desenvolver cada vez mais a habilidade necessária para isto.

Esta certeza é a força propulsora de nossas ações.

A convicção nasce no pensamento proativo, então surge a atitude proativa na busca de evidências que a comprovem.

Por exemplo “Sou bom motorista”, e as evidências seriam: jamais utilizei o seguro, meus amigos dizem que dirijo bem, nunca recebi uma multa, etc.

A convicção sem evidências pode ser apenas um devaneio ou um desejo que precisa ainda ser trabalhado para se obter o RESULTADO desejado.

Para uma mudança ser efetiva é necessário um condicionamento, ou seja, não basta treinamentos, não basta conhecer as técnicas, não basta ter feito um curso, ter assistido aquela palestra super motivadora, se não existir a continuidade de ações, as quais virem um hábito, uma rotina de saber como mudar sempre que precisar.

As convicções que devemos mudar para patrocinarmos mudanças rápidas e duradouras em nossa vida são:

  1. POSSO MUDAR AGORA. Devemos mudar a convicção que a mudança rápida exige esforço e sofrimento. Não precisamos nos preparar para as mudanças desejadas. Basta tomarmos a decisão: É AGORA.
  2. APENAS EUSOU RESPONSÁVEL PELA MINHA MUDANÇA. Para assumir definitivamente o controle de seus resultados adquira as seguintes convicções:
    • Algo TEM de mudar. Devemos mudar do nível do “devo, preciso, necessito” para o nível do TENHO, e TEM que ser AGORA.
    • EU TENHO de mudar. Não basta acreditar que as coisas têm de mudar, mas devemos assumir quem é que deve promover estas mudanças, e este alguém sou “EU”. As mudanças em nossa vida não podem depender de alguém, ou de um fato ou das circunstâncias.
    • EU POSSO mudar. Temos que acreditar na possibilidade da mudança, que somos merecedores e conseguiremos conquistá-la.

Depois de muito tempo trabalhando com treinamentos comportamentais, atendendo muitas pessoas com inúmeros problemas que as levavam ao sofrimento por não entenderem o os registros emocionais geradores dos comportamentos indesejados, percebi que a mudança efetiva só ocorre quando mudamos a emoção e o sentimento relacionado a um acontecimento no nível a que foi registrado, ou seja, emocional.

Esta mudança emocional é possível quando entendemos como funciona esta máquina maravilhosa que o Criador nos presenteou, nosso cérebro.

Todas nossas escolhas, a forma como interpretamos um fato e o armazenamos, depende do nosso cérebro e da forma como este vem sendo programado ao longo de nossa vida.

Muitos confundem reprogramação mental com o termo pejorativo “Lavagem Cerebral”.

Este último significa fazer algo contra a própria vontade, enquanto reprogramação mental significa assumir o controle, significa mudar os registros emocionais negativos que geram comportamentos indesejados e fazem o adulto sofrer pela falta de entendimento de suas próprias atitudes.