Uma das grandes preocupações das empresas sempre foi a contenção do índice de acidentes no trabalho.

Esta preocupação vem se acentuando cada vez mais devido ao aumento do nível de estresse causado pela necessidade de maior produtividade e lucratividade que as empresas precisam para se manterem no mercado altamente competitivo que vivemos.

Os índices de absenteísmo e afastamento do trabalho aumentam impulsionados pelas preocupações causadas por um mundo que experimenta mudanças num ritmo cada vez mais acelerado.

Nunca a ansiedade foi tão grande tanto na vida pessoal como profissional entre as pessoas. Não há como desvincular as situações que acontecem na vida pessoal das situações que acontecem na vida profissional.  Não há como não avaliarmos os efeitos das preocupações pessoais e os problemas de relacionamentos e comunicação que acontecem no âmbito familiar e as consequências destes no resultado do trabalho e produtividade das pessoas.anxity

Imagine alguém preocupado com dívidas ou com problemas familiares como filho indo mal na escola ou envolvido com drogas ou bebidas, ou até mesmo algum familiar com algum problema grave de saúde…

Será que esta pessoa terá um desempenho produtivo no trabalho?

No entanto existe um fator pior que a falta da produtividade, este fator é a dispersão da atenção causada pelos problemas pessoais. Esta distração irá impactar no que chamo de CONDIÇÃO INSEGURA COMPORTAMENTAL. O que caracteriza esta situação é o indivíduo estar apenas de CORPO PRESENTE enquanto trabalha, porém, seus pensamentos permanecem sintonizados nos seus problemas pessoais.

A CONDIÇÃO INSEGURA COMPORTAMENTAL leva à falta de foco na atividade do momento presente, o que pode causar um ato falho e levar ao acidente e consequências desastrosas tanto para a empresa, como para o indivíduo.

Quando aplicamos a avaliação e levantamento do comportamento dos indivíduos, percebemos que existe uma classe de pessoas que têm a predisposição para se distraírem mais facilmente que as outras.  Essas pessoas precisam ser alertadas que precisam especial atenção no foco ao realizar suas atividades. É recomendável evitar alocar essas pessoas em posições que exijam um alto nível de atenção, pois podem facilmente entrar num estado mental de CONDIÇÃO INSEGURA COMPORTAMENTAL e se acidentarem.

Por outro lado, existem pessoas extremamente ansiosas para terminarem suas atividades o que pode leva-las a negligenciar os procedimentos de Segurança primordiais associados à sua atividade. Muitas vezes precisam ter o conhecimento deste aspecto comportamental específico de sua personalidade para evitarem ações que possam leva-las à CONDIÇÃO INSEGURA COMPORTAMENTAL e consequentemente ao acidente.

Por outro lado, existe um outro perfil de comportamento que requer uma habilidade muito grande do gestor para motivá-lo. Pessoas que têm este perfil se magoam facilmente e quando isso acontece sua atenção é dispersada pelo mal-estar causado pelo nos relacionamentos, e consequentemente a CONDIÇÃO INSEGURA COMPORTAMENTAL também se faz presente.

O quarto tipo de perfil é altamente eficaz e manifestado por pessoas extremamente atentas e criteriosas em tudo o que fazem. Essas pessoas conseguem focar a atenção nas suas atividades e a probabilidade de um acidente acontecer, mesmo em situações altamente inseguras, será muito baixa.

Por isso é fundamental conhecer as tendências de comportamento manifestadas pelos indivíduos por dois fatores primordiais;

  • Conscientizá-los para que entendam seus aspectos primordiais e desenvolvam a atenção e práticas específicas em suas atividades para evitar os tão temíveis acidentes.
  • Alocação mais efetiva dos funcionários para que tenham alto rendimento na sua atividade com o mínimo de comprometimento de sua saúde física e psicológica, minimizando assim os acidentes.

Acesse ifc8.com.br/teste e saiba o seu perfil comportamental.