Deus ajuda, mas nos delegou o poder do livre arbítrio para escolhermos os caminhos a trilhar, caminhos estes que nos levam aos nossos RESULTADOS, nada mais do que frutos de nossas escolhas de hoje.

No entanto nossas escolhas dependem de como nos sentimos, de quão proativos somos, de como interpretamos os fatos.

Qualquer pessoa gostaria de se sentir 100% motivada e entusiasmada, 100% do tempo, mas isto não acontece.

Nossas necessidades básicas de crescimento e de reconhecimento nos levam à eterna insatisfação com o que temos, com o que somos, assim vivemos à procura de aprendizado, crescimento e mudanças, rumo à nossa evolução, a não ser que nos enganemos prostrados diante das inúmeras oportunidades colocadas à nossa frente pelo Criador, virando as costas e nos desculpando e nos omitindo atrás da efêmera justificativa: “É sofrendo que ganho o paraíso”.

Você, como herdeiro legítimo do Criador está aqui para REALIZAR, para MUDAR, para CRESCER, para EVOLUIR, para ser FELIZ.

Nenhum Pai ficaria feliz em ver seu filho sofrendo, deprimido, TRISTE.

Então a pergunta é “O que nos impede de mudar? ”.

Os dois fatores determinantes da mudança e do caminho rumo à felicidade são:

  • Nossos sentimentos em relação às coisas – A forma como nos sentimos em relação aos fatos do nosso presente, é influenciada por acontecimentos emocionais do nosso passado, como alegria, tristeza, traumas devidos a maus tratos, estupro, perda de ente amado, amor próprio ferido, etc.
  • A forma como agimos em relação às coisas, ou seja, nossos COMPORTAMENTOS. Quantas vezes as pessoas estão insatisfeitas com seu peso, e continuam a comer, “tentam” parar de fumar, se livrar de drogas, insônia, depressão e não conseguem.

A boa notícia é que esses comportamentos e esses sentimentos podem ser mudados de forma muito rápida.

Há um paradigma que mudanças efetivas somente ocorrem com muito tempo de dedicação, deve-se sofrer, exige muito esforço e então as mudanças começam a acontecer lentamente.

Nada disso precisa acontecer, não precisa ser assim, pois da mesma forma que um trauma ou um comportamento é adquirido instantaneamente, estes também podem ser eliminados muito rapidamente.

Todas as mudanças efetivas e definitivas em nossas vidas ocorrem ao associarmos um motivo emocional a elas.

O fumante deixa o vício ao ouvir o médico dizer que seus pulmões estão comprometidos e não há alternativa, que a qualquer momento poderá falecer.

O alcoólatra deixa a bebida quando um filho de forma emocionada lhe pergunta porque está se matando, se não o ama o suficiente para largar o vício.

A efetividade do motivo emocional originando mudanças é muito maior quando associamos a este a DOR das consequências trazidas a nós mesmos e às pessoas que amamos.

Devemos então determinar um novo comportamento ou hábito em substituição e associar o PRAZER, os benefícios e ganhos decorrentes desta mudança.

Somos gratos por poder presenciar essas transformações fantásticas que ocorrem nas pessoas a cada treinamento ministrado.

Assistimos o poder de cada ser humano em mudar a si mesmo através do recurso adequado, o poder da mudança imediata da escuridão, da incerteza, da desmotivação, da auto piedade, da depressão para a luz da certeza, da motivação, da determinação, da pro atividade, do sucesso.

ACREDITE, você pode mudar, se dê a chance!